Saiu ontem, à 00h00, o trailer oficial de Harry Potter e os Talismãs da Morte, o último episódio da saga que os fãs acompanham há quase dez anos. O sétimo capítulo desta saga, devida à sua extensão, foi dividido em duas partes: a primeira sairá já em Novembro enquanto que a segunda parte somente em Junho de 2011.

Para todos os leitores e fãs da saga infanto-juvenil ‘As Crónicas de Spiderwick’, chega uma boa notícia! Tony DiTerllizi e Holly Black, os escritores e criadores dos gémeos Fared e Simon e a sua irmã mais velha, Mallory, transportam-nos para uma nova aventura: ‘As Novas Crónicas de Spiderwick – A Canção da Ninfa’

Podem encontrar aqui a sinopse do livro assim como a respectiva capa da obra!

Sinopse: «Julgas que aqui a vida é só divertimento e sol? Vê bem!  Isto até era bastante bom antes de me terem arranjado esta meia-irmã sem jeito e pateta. E não veio sozinha. Trouxe aquele livro enorme e estúpido sobre criaturas fantásticas. Ela garantiu que existiam mesmo, mas achas que eu acreditei? Não. Disse-lhe que era uma fraude. Meu! Estava enganado. Agora há criaturas fantásticas por todo o lado! POR TODO O LADO! E NÃO se vão embora se não as ajudarmos! AZAR!»

A Warner Bros. Interactive e a Snowblind anunciaram recentemente algo que vem ao encontro de muitos dos interesses de todos aqueles que gostam de jogos de consola e que gostam, especialmente, da série que já se tornou um clássico da nossa literaltura e cinema: The Lord of The Rings.

Sim, a Snowblind está a desenvolver um jogo sobre ‘O Senhor dos Anéis’, que tem data de lançamento prevista para 2011 e que poderá ser jogado na PS3, XBOX360 e PC. O jogo, com o subtítulo ‘War in the North’ permitirá, além de acção individual do jogador, acção multiplayer épica através de um modo online que promete ser inovador. O jogo irá centrar-se na luta contra as forças negras do Senhor das Trevas (Sauron), nas Terras do Norte e em outros locais que nós já conhecemos dos filmes de Peter Jackson. Cabe ao jogador escolher que raça é que quer representar (anões, elfos e humanos), sendo que cada um terá um desenvolvimento diferente, assim como habilidades e armas próprias.

O Infoteen publicará mais informações sobre este jogo logo que estiverem disponivéis. Até lá, podem aguardar ansiosamente com o Teaser Trailer do Jogo que também já está disponível:

Fontes:
IGN
Nomeações
Melhor Actriz Secundária
Melhor Direcção Artística
Melhor Guarda-Roupa
Melhor Música

O filme ‘Nine’, dirigido por Rob Marshall, marcou presença nos cinemas portugueses no início deste ano. Assisti ao filme logo no fim-de-semana de estreia, não só porque o enredo da história me captou o interesse mas também porque reunia um conjunto de actores de renome, entre eles Nicole Kidman e Judi Dench.

Porém, saí da sala de cinema um pouco decepcionado com o que vira, talvez devido principalmente à criação de expectativas muito elevadas que, de certa forma, não foram correspondidas. Para quem não viu o filme, fica a saber que toda a história se concentra numa única personagem principal, Guido Contini (interpretado por Daniel Day-Lewis), um realizador italiano que sofre uma espécie de bloqueio criativo que o impede de realizar filmes sensacionais como aqueles que marcam o início da sua carreira. Seguindo-o de perto, parece que mergulhámos nos estúdios do cinema para nos sentarmos ao lado de Guido, na cadeira do realizador.

Guido, o protagonista, reflecte uma espécie de confusa decadência: outrora foi uma lenda entre os cineastas, mas agora não passa de um homem no meio da vida, envelhecido, com a barba por aparar e com os cabelos grisalhos a roubar a juventude. Agravando-se, permanece preso a um bloqueio criativo que o impede se recuperar a fama, desmotivado pela pressão da realização de um novo filme que ele não consegue criar. Sente-se doente por ter de encarar a comunicação social, sem palavras que respondam às expectativas do seu novo filme e, principalmente, sentindo-se a abafar pela necessidade de cumprir um compromisso.

Entretanto, Guido tem também uma queda para amar demais, sempre influenciado por mulheres, que estão sempre atrás de si e que tanto lhe dão equilíbrio como o disturbam: Sophia Loren veste a pele da sua mãe; a sua esposa, Louisa, é interpretada pela actriz francesa Marion Cottilard; a prostituta que, em criança, lhe ensinou a ser um italiano e a amar é interpretada por Fergie, que dá voz ao tema principal do filme; a sua musa inspiradora, é interpretada por Nicole Kidman; a sua amante, por Penélope Cruz…

Avaliando agora o filme, considero que um dos seus pontos positivos é que sentimos a desordem que vai na cabeça de Guido. Percebemos que ele sente que, gradualmente, vai perdendo tudo aquilo que construiu ao longo de toda a sua vida, percebendo que, de certa forma, o pagamento do sucesso e da fama é prestado pela passagem do tempo, que há um dia para o auge e outro para o declínio e que no fim, resta-nos somente o maço de cigarros, a loucura de aceitar a solidão e o facto sermos apenas uma sombra ténue daquilo que fomos.

Nomeado para o Óscar de Melhor Actriz Secundária, pela interpretação de Penélope Cruz como a amante de Guido, falarei um pouco desta personagem. Acredito que, dos papéis secundários deste filme, seja este um dos mais desenvolvidos: encontramos em Carla não apenas uma amante sexy mas também uma mulher com um desejo inconsciente de amar Guido, devotando-lhe muitos dos seus sentimentos e mantendo latente o sonho cliché de que um dia a amante será a esposa. Apesar de ser sonhadora, é também inocente: sabemos que Guido nunca terá coragem de a aceitar como mais do que aquilo que para ele ela já é.

Por sua vez, a banda sonora deste filme é excelente e, como Musical, está muito bom. Relativamente ao enredo não posso dizer o mesmo, porque acho que foi dado um grande investimento para a construção da personagem Guido em detrimento das outras personagens: sinto que falta alguma densidade em algumas personagens interpretadas, por exemplo, por Nicole Kidman, Kate Hudson, Judi Dench… esperava que, na história, tivessem uma participação mais activa e que o desenrolar do filme não fosse tão parado, quase monótono (lá para o meio do filme senti-me um pouco cansado de o ver).

Quanto ao título, assenta ao filme como uma luva, visto ter recebido o mesmo nome do filme que Guido começa a realizar, marcando o seu regresso ao mundo do cinema após se ter ausentado durante uns anos. O seu novo filme, e nono, recebe o nome de ‘Nove’ e é inspirado, julgo eu, em todas as mulheres que desde sempre influenciaram aquilo que ele é.

Trailer

Avaliação: 75%

Rosa Lobato Faria, escritora e actriz, faleceu hoje, em Lisboa, aos 77 anos, num Hospital Privado, na sequência de uma anemia grave. A actriz foi internada há uma semana mas confirma-se que o seu estado de saúde era já precário desde  uma intervenção a que teve de ser sujeita durante o Verão de 2009.

Nascida em 1932, Rosa Lobato Faria ficou conhecida pela sua participação em séries entre as quais Humor de Perdição, A Minha Sogra é uma Bruxa e Mala de Cartão. Em cinema, trabalhou com realizadores de renome como João Botelho, Lauro António e Artur Semedo e iniciou-se na área da literatura apenas em 1995, escrevendo desde então um total de 12 romances, dos quais se destaca O Prenúncio das ÁguasAs Esquinas do Tempo. Também foi poetisa, estando toda a sua poesia reunida no volume Poemas Escolhidos e Dispersos.  Além disso, escreveu livros infantis, letras de música e gravou um audio livro: O Gigante Egoísta e Outros Contos. Em conjunto com alguns outros escritores, como AliceVieira e João Aguiar, Rosa Lobato escreveu também O Código D’Avintes e Eça Agora!

Os membros do Infoteen lamentam esta grande perda na cultura nacional e aproveita para expressar as suas condolências à família.

Fontes:
Sapo

Todos nós conhecemos o famoso ogre verde que vivia no pântano, que casou com a amaldiçoada Princesa Fiona, que enfrentou inimigos terríveis e que, no último filme, foi pai de pequenos ogrezinhos!  O que podem não saber é que o ‘e foi feliz para sempre desta história’ ainda não chegou! Anuncio então que algures num dia bué, bué longe o famoso Shrek regresará às salas de cinema, no quarto e últmo filme, que encerrará a sua história pantanosa.

O trailer o filme saiu recentemente e podem visualizá-lo em seguida:

Uma das disciplinas curriculares do 12º ano é Área de Projecto, onde os alunos constituem grupos para trabalharem num projecto que deverá ser desenvolvido durante o ano lectivo e apresentado no seu término. Visto que projectos como o do me grupo necessitam de alguns instrumentos de suporte,  como é o caso do nosso blog, decidi fazer este post aqui, para publicitar um pouco o nosso projecto e para que todos aqueles interessados acompanhem as nossas actividades através do blog!

Coloco aqui o nosso 1º post no blog com a nossa apresentação do projecto, que penso que vos esclarecerá quanto aos nossos objectivos:

‘Somos da Escola Secundária Filipa de Vilhena, Porto, e pertencemos à turma 12ºH (Línguas e Humanidades).

Criámos este blog no âmbito da disciplina de Área de Projecto, na qual abordaremos, ao longo do ano lectivo, o tema “Cidadania e Sociedade“. Pretendemos focar-nos na área do voluntariado, promovendo acções de solidariedade e actuando numa instituição. Para além destes aspectos esperamos conseguir alertar a comunidade escolar (e não só) da necessidade e importância deste tipo de acções.

Esperando que se interessem pelo nosso Projecto ‘Cidadania e Sociedade’, resta-me dizer-vos que até ao momento já realizámos algumas actividades numa Intituição de Idosos, sendo que todas estas actividades foram já registadas no Blog! Deixo-vos aqui o enreço:

http://cidadania-sociedade.blogspot.com/

Agradecimentos aos restantes Newposter’s por cederem este pequeno espaço!