Nomeações
Actriz num Papel Principal – Carey Mulligan (Jenny)
Melhor Filme
Argumento (Adaptação)

Jenny (Carey Mulligan) é uma estudante de dezasseis anos, que dedica toda a sua vida a conseguir as melhores notas para entrar em Oxford. Ela própria classifica o seu dia-a-dia como aborrecido, enquanto o divide entre estudos e uma pequena orquestra, onde é violoncelista.

Isto é, até num dia de chuva um jovem cavalheiro (embora adulto, e com o dobro da sua idade) lhe oferece boleia, pois a água iria estragar o seu instrumento. A rapariga aceita inclusive a boleia para si, e cai imediatamente nos charmes de David (Peter Sarsgaard). E é a partir desse dia que a vida de Jenny dá uma volta.

Os estudos deixam de lhe parecer tão importantes, pelo menos em comparação com uma vida de diversão e luxo, entre bares, concertos de jazz e viagens a Paris. David dá-lhe tudo o que ela quer, e ensina-a a ver o mundo de uma perspectiva diferente. O que não quer dizer que tudo acabe bem…

Carey Mulligan faz uma interpertração excelente, nos momentos felizes e infelizes, e nas  desilusões de Jenny ao longo do filme. A mensagem que este tenta passar é que, por melhor que a educação seja, isso não quer dizer que se forme uma pessoa responsável e aberta a tudo o que a vida pode oferecer.

A partir da perspectiva de Jenny, vemos que às vezes ter uma educação não é tudo. Quando ela descobre o que é poder divertir-se e ser feliz, quase que deita tudo por terra. E o filme passa a mensagem bem, tal como a relação dela e de David. Não é vista de uma perspectiva de um certo abuso, pois ela ama-o e nunca é forçada a fazer nada. No entanto, Jenny é também jovem e irresponsável, e por mais que as suas professoras a tentem avisar dos “perigos” que pode correr, ela rende-se ao amor e à felicidade.

Nota: 85%

Anúncios