Nomeações
Filme de Animação

“Coraline” é  um filme de animação do realizador Henry Selick, baseado num dos livros de Neil Gaiman. Conta com a voz de Dakota Fanning e Teri Hatcher, assim como Jennifer Saunders.

O filme conta a história de uma menina, Coraline Jones, que muda para uma casa enorme com a sua família. Esta é composta por pais que ocupam a maior parte do seu tempo a trabalhar, em vez de darem atenção a Coraline. Sem nada para fazer e com um sorriso na cara, Coraline decide explorar a vizinhança e é aí que trava amizade com Wybie (Robert Bailey Jr.).  É a avó deste seu novo amigo que lhe vai contar a história da sua irmã que visitou a casa onde Coraline vive e nunca mais regressou. A menina, curiosa e continuando a não conseguir a atenção dos pais, decide explorar cada canto, porta e local da casa e acaba por descobrir uma porta que dá passagem para uma dimensão paralela que, embora semelhante à sua, diferente, pois os olhos de todos os humanos e criaturas são simples botões.  A dimensão é também tudo o que Coraline deseja, mas isso é só o que parece.

É quando a mãe da outra dimensão decepciona Coraline e a coloca de castigo dentro de um espelho, que encontra a irmã da avó de Wybie, assim como um rapaz e uma rapariga que foram iludidos pela “outra mãe” de Coraline.
Assustada com tudo isto, Coraline volta à sua dimensão para procurar os pais. No entanto, não o consegue e volta à dimensão paralela para apostar que encontraria os olhos das crianças, com a “outra mãe”.

A protagonista começa, então, a sua busca desesperada pela sua liberdade, pela das crianças e pela dos seus pais. Coraline dependerá da sua determinação e coragem e da ajuda de vizinhos, amigos e de um gato falante, para salvar o dia e conseguir que todos voltem a suas casas.

A história, apesar de ser interessante, não ofusca os gráficos do filme. Todos os bonecos e fundos têm certas parecenças com os de Tim Burton ,  algo que se nota logo desde o início.  Henry Selick reutilizou neste filme, algumas das técnicas especiais/visuais utilizadas em The Nightmare Before Christmas, mas claro, com alguns melhoramentos.

“Coraline” embora pareça um filme dirigido a um público alvo mais novo, pode se adequar e adaptar a praticamente todas as idades. Os mais novos de certo retirarão dele a coragem da protagonista em querer salvar o dia e a determinação da mesma. Os mais velhos verão nele todos os significados escondidos por entre as metáforas psicológicas das entrelinhas. É um filme que se sujeita a várias interpretações por parte do público.

Nota: 85%

Trailer

Anúncios