Estreia hoje em Fátima o filme entitulado de “O 13º Dia”, que recria as aparições em imagens com crianças portuguesas a viver em Inglaterra, onde o filme foi feito.

Após uma apresentação particular aos responsáveis do Santuário, a instituição reconhece neste filme “um grande valor”. “É um filme intenso e de sensibilidade apurada. Revela pesquisa, dedicação e está bem construído”.

«É uma questão bastante polémica, porque há discussão sobre o que representa a aparição, o que significa e o que viram as crianças», vincou Dominic Higgins, o realizador.

«Nós queríamos mostrar Maria porque Lúcia descreve-a e pensámos que isto seria um desafio», acrescentou Ian Higgins. Ambos os realizadores optaram por não mostrar a cara da Nossa Senhora, cobrindo-a com luz.

Neste filme de produção privada, optaram por dar à cor um valor muito precioso. O filme passa-se todo a preto e branco excepto durante as cenas das aparições e do milagre do sol.

«Mesmo quem não seja religioso poderá retirar algo, porque a mensagem é universal», garante Ian, que confessou estar ansioso por assistir à reacção do público português, após um trabalho árduo de 5 anos para preparar o filme.

O elenco é britânico, mas os três pastorinhos são crianças portuguesas, recrutadas em escolas na zona de Lemington Spa.

Fica aqui o trailer do filme:

Fonte:
Cinema IOL

Anúncios