Durante esta semana o Ministério da Saúde determinou que os Homosseuxuais do sexo masculino não podem doar sangue, devido ao elevado risco de possuírem doenças graves, que se explica pelos seus comportamentos de risco. 

«O facto de se ser homossexual é por si só um comportamento de risco e, por isso, são pessoas que à partida são afastadas como potenciais dadores» afirma Gabriel Olim, o director do IPS. Gabriel Olim também declara que esta medida não deve ser encarada como discriminação relativamente à orientação sexual de cada um.

sangueOs dadores de sangue, em Portugal, devem reunir uma série de condições:

– Pessoa Saudável

– Ter um peso superior a 50 kg

– A sua idade deve compreender entre os 18 e os 65 anos

– Exclusão de pessoas com doenças crónicas, contacto com drogas, comportamentos sexuais de risco…

Fontes:
Jornal Digital
Anúncios